imagem 728x90

Produção de vacinas da Fiocruz deverá beneficiar outros países

Por Nação Sampa News em 03/05/2021 às 19:37:57


A Funda√ß√£o Oswaldo Cruz (Fiocruz) trabalha para que sua produ√ß√£o de vacinas contra covid-19 possa atender futuramente a demanda de outros pa√≠ses, além do Brasil. A institui√ß√£o cient√≠fica vinculada ao Ministério da Sa√ļde é respons√°vel pela fabrica√ß√£o da Covishield, um dos imunizantes que j√° est√£o sendo aplicados em massa na popula√ß√£o brasileira, seguindo os critérios do Programa Nacional de Imuniza√ß√£o (PNI). Pesquisas que j√° est√£o em andamento podem levar ao desenvolvimento de outras quatro vacinas.

"Além de atender o nosso pa√≠s, teremos certamente a capacidade para apoiar o esfor√ßo global com rela√ß√£o à prote√ß√£o de todos frente à pandemia. Este deve ser um objetivo a ser perseguido naturalmente após atender as necessidades do nosso pa√≠s", disse hoje (3) a presidente da Fiocruz, N√≠sia Trindade Lima, durante a abertura do 5¬ļ Simpósio Internacional de Imunobiológicos. Organizado pela institui√ß√£o, o evento termina na quarta-feira (5) em uma edi√ß√£o totalmente virtual.

A representante da Organiza√ß√£o Pan-Americana da Sa√ļde (Opas) e da Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) no Brasil, Socorro Gross, também participou da mesa de abertura e reiterou a import√Ęncia de um olhar global. "A uni√£o entre os pa√≠ses, a coopera√ß√£o técnica, o trabalho em parceria n√£o é apenas a coisa certa a se fazer. É a coisa mais inteligente a se fazer, porque o v√≠rus n√£o se importa com fronteiras, barreiras geogr√°ficas, cren√ßas ou ideologias pol√≠ticas. Enquanto todas as pessoas n√£o estiverem seguras, nossos pa√≠ses n√£o estar√£o seguros".

N√≠sia celebrou ainda a aprova√ß√£o da Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa) para que a Fiocruz produza o Ingrediente Farmac√™utico Ativo (IFA) da Covishield. Trata-se de um insumo fundamental na formula√ß√£o da vacina porque traz a informa√ß√£o que faz com que o organismo comece a preparar suas defesas contra o v√≠rus invasor. O aval para sua produ√ß√£o foi concedido na √ļltima sexta-feira (30). "Nos permitir√° nacionalizar a vacina. N√£o é um fato qualquer", disse a presidente da institui√ß√£o.

A Covishield foi desenvolvida através de uma parceria entre a Universidade de Oxford e a farmac√™utica inglesa Astrazeneca. Elas firmaram com a Fiocruz, no ano passado, um acordo para transfer√™ncia de tecnologia. O imunizante est√° sendo usado no pa√≠s desde janeiro, embora os primeiros lotes tenham sido importados da √ćndia.

A fabrica√ß√£o em larga escala no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos) teve in√≠cio em mar√ßo. O IFA, no entanto, ainda precisa ser exportado. De acordo com o diretor de Bio-Manguinhos, Mauricio Zuma, até o fim de abril foram entregues 26,5 milh√Ķes de doses ao PNI para distribui√ß√£o aos estados e munic√≠pios. "Esta semana devemos chegar a marca de 30 milh√Ķes", afirmou.

T√£o logo o IFA passe a ser produzido pela institui√ß√£o, a Covishield estar√° 100% nacionalizada. A produ√ß√£o do insumo ocorrer√° em uma nova planta industrial. Ao longo da √ļltima semana, a Anvisa vistoriou.

Outras vacinas

Testes pré-cl√≠nicos est√£o sendo realizados pela Fiocruz para o desenvolvimento de quatro imunizantes nacionais. "S√£o projetos em andamento com ou sem parcerias externas. S√£o duas vacinas sintéticas, uma em subunidade e outra em tecnologia de RNA. Essa √ļltima est√° em vias de come√ßar o estudo cl√≠nico", destascou Zuma.

O diretor de Bio-Manguinhos afirmou ainda que a constru√ß√£o do Complexo Industrial de Biotecnologia em Sa√ļde (CIBS), cujo edital de financiamento e constru√ß√£o foi publicado em fevereiro, ampliar√° significativamente a capacidade de produ√ß√£o de Bio-Manguinhos. O empreendimento que ficar√° localizado em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, dever√° iniciar sua opera√ß√£o comercial em 2025.

"Ser√° o maior centro de produ√ß√£o de produtos biológicos da América Latina e que est√° est√° sendo concebido a partir de avan√ßadas tecnologias. A nova planta permitir√° ao pa√≠s aumentar o fornecimento de vacinas e biof√°rmacos de alta qualidade para o Sistema √önico de Sa√ļde e ter√° capacidade de suprir também necessidades de outro pa√≠ses".

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
imagem 728x90

Coment√°rios

imagem 728x90