imagem 728x90

É melhor deixar o laptop ligado na tomada ou usá-lo na bateria?

Por Nação Sampa News em 25/03/2021 às 14:19:07

Com muita gente trabalhando de casa e usando o dia todo laptops que antes ficavam ligados por algumas horas, crescem as dúvidas sobre como aumentar sua vida útil Forma de carregar o laptop pode alterar a vida útil da bateria: com mais gente trabalhando de casa e usando estes computadores o dia todo, é hora de sanar as dúvidas sobre como aumentar longevidade

Getty Images via BBC

Uma dúvida comum sobre laptops é como estender a vida da bateria. Ou, pelo menos, como evitar um desgaste maior do que o normal.

Embora todas as baterias se deteriorem com o tempo, muitos usuários questionam se o uso que damos a elas pode influenciar — mesmo que ligeiramente — sua capacidade de reter energia.

Ou seja: devemos mantê-las 100% carregadas o tempo todo ou devemos deixar a bateria acabar antes de carregar novamente?

A BBC News Mundo, o serviço em espanhol da BBC, ouviu especialistas e funcionários de empresas de tecnologia sobre a melhor maneira de usar as baterias, que são em sua maioria feitas de lítio (seja de íon de lítio ou polímero de lítio).

Devemos manter o computador portátil ligado à tomada o tempo todo?

Getty Images via BBC

Com a palavra, os fabricantes

"A tecnologia da bateria fica melhor a cada geração. Há 10 anos, a eficiência das baterias de laptop se degradava após algumas centenas de ciclos de carga", explica Ashley Rolfe, diretor de tecnologia da Lenovo na Irlanda e no Reino Unido.

Agora, as baterias de laptop têm uma vida útil de três a cinco anos, nos quais podem completar entre 500 e 1.000 ciclos de carga.

Deixar um laptop conectado à tomada com a bateria em 100% o tempo todo reduzirá ligeiramente sua vida útil, explica Rolfe.

Seu colega Phil Jakes, diretor de tecnologia estratégica da Lenovo, concorda. "Descobrimos que as baterias se degradam mais rapidamente se forem mantidas totalmente carregadas, especialmente em temperaturas mais altas", explica Jakes.

Isso porque "100% da carga é o estado mais 'pesado' em que a bateria pode estar, porque é quando a voltagem é mais alta", explica Kent Griffith, pesquisador de tecnologia de energia da Northwestern University

Por outro lado, manter a bateria em 100% "é absolutamente seguro e perfeitamente normal", diz Rolfe. Segundo ele, laptops hoje em dia "usam sensores de controle para garantir que a bateria não sobrecarregue ou superaqueça".

Já a fabricante HP não recomenda deixar os laptops conectados à energia o tempo todo.

"A maioria das baterias de hoje tem a tecnologia para evitar a sobrecarga quando atingem 100%", explica a empresa, em um comunicado. Mas essa tecnologia não impede que o alto estado de carga "crie um estresse adicional na bateria que pode acelerar sua degradação com o tempo."

Portanto, "se você mantiver a bateria sem estar 100% carregada, ela definitivamente pode durar mais", diz Griffith.

Especialistas recomendam limitar o carregamento a 80%

Getty Images via BBC

A recomendação desses especialistas é limitar o tempo que o laptop permanece totalmente carregado ou, em vez de carregá-lo até 100%, carregá-lo apenas até 80% cada vez que você conectá-lo à tomada.

"Tecnicamente, as baterias ficam mais 'felizes' com 50% da carga, então os técnicos dizem que é melhor mantê-las entre 20 e 80%", diz Rolfe.

Embora limitar a carga a 80% "forneça o benefício máximo, ainda há um benefício significativo em reduzir o ponto de carga máximo para 90 ou 95%", diz Jakes.

A Microsoft também alerta em seu site que no caso de seus laptops Surface (não para outras marcas) "baterias mantidas em alta carga perderão capacidade mais rapidamente."

"Você pode ajudar a prevenir essa deterioração acelerada não deixando seu laptop conectado à energia por longos períodos. Se você precisar manter o laptop conectado continuamente, recomendamos o uso do modo de limite de carga da bateria", diz a Microsoft.

Várias marcas, como Microsoft, Lenovo e HP, oferecem a opção de limitar a quantidade máxima de carga do laptop em suas configurações.

Por exemplo, a HP permite que você limite a 80% no modo "maximize a saúde da bateria".

Em geral, "se você quiser que a bateria dure mais, você pode fazer com que cada ciclo forneça um pouco menos de energia (80% em vez de 100%), então a bateria pode completar mais ciclos de carga", diz Griffith.

Embora essas recomendações ajudem a aumentar a vida útil, dizem os especialistas, não é uma diferença tão grande a ponto de você precisar ficar preocupado caso esqueça de desconectar o laptop quando ele atingir 100%.

"Todos os laptops têm circuitos de controle para proteger as baterias e evitar sobrecarga", diz Rolfe, da Lenovo.

Esclarece também que "as baterias duram tanto atualmente que a maioria dos usuários provavelmente não precisa se preocupar com isso."

Hoje, "as baterias são tão boas que geralmente duram mais do que a vida útil do laptop", diz ele.

A recomendação final de Rolfe é pensar em como você usará o laptop. Ou seja, avalie se você vai ter acesso constante a uma tomada ou se não vai conseguir se conectar à energia por muito tempo. Neste último caso, seria melhor carregá-lo com a carga completa.

"Se você fica na sua mesa a maior parte do tempo, coloque um limite de carga", diz ele. "Mas se você estiver viajando a maior parte do tempo, deixe em 100% e não se preocupe com isso!"

Fonte: G1

Comunicar erro
imagem 728x90

Comentários

imagem 728x90