imagem 728x90

Alimentos Funcionais

Alimentos Funcionais e o que significa isso

Por Nação Sampa News em 15/02/2021 às 17:15:13
M. Isabel Pelissari Rosa Nutricionista CRN-3 63656/P

M. Isabel Pelissari Rosa Nutricionista CRN-3 63656/P


Coluna: Nutrição com BelPelissari
Instagram: @nutri.belpelissari
Facebook: nutri.belpelissari
Clínica NutriPelissar
M. Isabel Pelissari Rosa
Nutricionista
CRN-3 63656/P

Hoje quero apresentar para vocês o que são alimentos funcionais e o que significa isso.

Pretendo sempre fazer colocações de informações de fácil entendimento sem o linguajar complicado que somente quem é dá área ou envolvido na área consegue entender.

Espero que gostem e boa leitura:

Alimentos Funcionais

São alimentos ou ingredientes funcionais aqueles que além das suas funções básicas de apresentar um valor nutritivo beneficiam ainda mais à saúde com redução de risco de doenças crônicas degenerativas, tais como câncer e diabetes.

Como consumir de forma que se aproveite estes benefícios?

O consumo destes alimentos precisa ser regular, ou seja, de forma regrada com consistência e ordenada, havendo uma combinação entre eles. De nada adianta comer apenas um dia e achar que o problema está resolvido.

A maior indicação de aproveitamento dos benefícios está no aumento do consumo de frutas, verduras, legumes e cereais integrais no dia a dia.

Isso porque boa parte dos estudos feitos até hoje se encontram nestes alimentos.

Outro ponto observado é que há um benefício maior quando se há uma substituição da carne vermelha e embutidos por carne de soja e derivados ou até mesmo por peixes ricos em ômega 3.

Não basta apenas comprar, conhecer o que se está comprando e comendo faz uma grande diferença, pois tem o poder de mudar hábitos alimentares. Conhecer o que a indústria está processando e saber se houve eficácia avaliada por pesquisas sérias também é bem importante.

Cada vez mais as empresas andam desenvolvendo produtos com a finalidade funcional, um exemplo disso são bebidas com probióticos que são micro-organismos conhecidos como "bactérias do bem" e prebióticos, que são fibras alimentares que ajudam no crescimento e desenvolvimento das bactérias probióticas.

Agora um ponto a facilitar todo este processo é se consultar com um nutricionista pois o mesmo é capacitado para orientar sobre tais alimentos e conduzi-los ao sucesso, pois esses alimentos só funcionam bem quando fazem parte de uma dieta equilibrada, balanceada.

Exemplo disso é a combinação de alimentos que servem para o controle do colesterol, pois a pessoa só terá resultados positivos se a ingestão deste estiver associada a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol.

Principais compostos funcionais já investigados pela ciência:

· Peixes: sardinha, salmão, atum, anchova e arenque;

· Óleos: de linhaça, canola, soja; nozes e amêndoas;

· Chá: verde;

· Frutas: cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, goiaba vermelha, melancia, frutas cítricas, Maçã, uva e caju.

· Vinho: tinto;

· Legumes: tomate, pimentão vermelho, pequi, alcachofra e rabanete;

· Verduras: folhas verdes, couve flor, repolho, brócolis, couve de Bruxelas, hortaliças com talos e mostarda;

· Cereais integrais: aveia, centeio, cevada, farelo de trigo e milho;

· Leguminosas: soja, feijão e ervilha;

· Raízes: raiz de chicória e batata yacon;

· Temperos: alho, cebola, manjericão, manjerona, noz moscada e sálvia;

· Grãos: Linhaça e sorgo;

· Leites fermentados, iogurtes e outros produtos lácteos fermentados.

Fonte: M. Isabel Pelissari Rosa Nutricionista CRN-3 63656/P

Comunicar erro
imagem 728x90

Comentários

imagem 728x90