imagem 728x90

Atraso na vacina é maior erro de Bolsonaro e pode ensejar impeachment, diz Maia

Presidente da C√Ęmara afirmou, entretanto, que o papel de decidir "cabe ao novo presidente da C√Ęmara"

Por Nação Sampa News em 12/01/2021 às 09:50:08
" Vou criar um ambiente político de desorganização no momento em que está se elegendo um novo presidente", disse Maia Najara Araújo / Câmara dos Deputados

" Vou criar um ambiente político de desorganização no momento em que está se elegendo um novo presidente", disse Maia Najara Araújo / Câmara dos Deputados


O presidente da C√Ęmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) , disse que o atraso do in√≠cio da vacina√ß√£o da popula√ß√£o contra o coronav√≠rus é o maior erro do governo Jair Bolsonaro e pode ensejar a abertura de um processo de impeachment contra o presidente.

— Acho que a vacina pode levar a um processo de impeachment no futuro — disse, em entrevista ao site Metrópoles.

Maia, que comanda a C√Ęmara até o in√≠cio de fevereiro, disse, porém, que essa decis√£o caber√° ao futuro presidente da Casa.

— N√£o seria correto eu deferir o impeachment. J√° estamos em recesso. N√£o vai julgar agora. Eu vou apenas criar um ambiente pol√≠tico de desorganiza√ß√£o em um momento em que est√° se elegendo um novo presidente (da C√Ęmara). Acho que esse papel cabe ao novo presidente (da C√Ęmara).

Apesar de a C√Ęmara acumular mais de 60 pedidos de impeachment contra Bolsonaro, Maia disse que n√£o houve ambiente para dar andamento a eles nos √ļltimos dois anos.

— Garanto que até hoje, até a quest√£o da vacina, eu nunca tive uma press√£o pol√≠tica e um ambiente mais forte da sociedade para fazer esse encaminhamento e colocar para pautar o tema — afirmou. — Temas mais sens√≠veis, como processo de impeachment, n√£o podem ser instrumento apenas de uma decis√£o pol√≠tica solta.

Maia destacou que as pesquisas mostram que o atraso e a resist√™ncia de Bolsonaro à vacina contra a covid-19 j√° afeta sua popularidade.

— Acho que o principal erro de todo o governo Bolsonaro é a quest√£o da vacina, e acho que pela quest√£o da vacina, se ele n√£o organizar r√°pido, talvez sofra um processo de impeachment muito duro — afirmou.

—Acho que a quest√£o da vacina est√° come√ßando a transbordar para dentro do Parlamento. É uma press√£o que a sociedade poucas vezes fez nos √ļltimos anos, apenas os bolsonaristas contra o próprio Parlamento e o STF.

Fonte: Portal-GZH POLITICA

Comunicar erro
imagem 728x90

Coment√°rios

imagem 728x90