imagem 728x90

Sistema Articular

Sistema articular ou articulação

Por Nação Sampa News em 16/09/2020 às 21:33:27


Paulo Miranda

Colunista e Apresentador

Formado em Bacharel : Administração, Ciências Contábeis, Sociologia e Estudante de Ciências Biológicas

Coluna: Temas Aleatórios






Sistema articular ou articulação, mais precisamente é configurado como juntura, geralmente, juntura é o termo usado quando em algum lugar, duas coisas se mantém juntas, ligadas.
Partindo do princípio da conexão existente entre quaisquer partes rígidas, componentes do esqueleto, seja eles ossos ou cartilagem. Essa união entre as peças rígidas do nosso esqueleto, é conhecida como juntura, que também é um termo originado do latim que significa conexão entre as partes.



Divisão das articulações

As articulações podem ser divididas usando vários parâmetros, dentre eles material encontrado entre as peças ósseas e que separa as articulações em segmentos: fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.

Fibrosas

Basicamente são articulações ajustadas por intermédio de uma camada de tecido conjuntivo fibroso, as mesmas podem ser classificadas em suturas, sindesmoses e gonfoses.

É o elemento que se interpõe as peças dos tecidos, cuja mobilidade é extremamente reduzida. A maior parte dessa articulação está presente no crânio, temos a classificação e divisão em dois grupos das articulações que são segmentadas como fibrosa, tipos sutura ou sindesmose.

Suturas

As articulações suturas são exclusivas do crânio, quando nascemos, fica visível uma grande quantidade de tecido conjuntivo fibroso entre os ossos do crânio, com o passar do tempo, ocorre o desenvolvimento, e a calcificação desse tecido. É por esse motivo, que essa articulação especifica é um sistema imóvel.

Sindesmoses

Já nessas articulações, encontramos um pouco de movimento, portanto, pode ser analisada na articulação tibiofibular inferior e tecido fibroso.

Gonfoses

A articulação, gonfoses, seria aquele mecanismo dentoalveolar, que libera e permite a movimentação do dente no seu alvéolo, existem autores que não consideram uma articulação, pelo simples fato, de que o dente não faz parte do esqueleto.

Cartilaginosas

Também foi inserida como anfiartrose ou articulação semimóvel, a mesma se apresenta como tecido cartilaginoso entre os ossos. As articulações cartilaginosas estão situadas nos ossos do quadril e entre as vértebras. É o tecido que se interpõe as peças: tecido cartilaginoso, então quando temos um osso e outro, e entre os dois se encontra a cartilagem, já se sabe que estamos falando deste grande grupo, resta saber se é do tipo sincondrose ou sínfise.

Sincondroses

As articulações sincondroses são unidas pelo sistema de cartilagem hialina, e seus movimentos, e rotatividades são limitados. Um exemplo típico desse tipo de mecanismo, é a limitação de movimentos entre a primeira costela e o osso esterno, situado na parte anterior do tórax.

Sínfises

Nessas articulações, temos a cartilagem fibrosa, lembrando que no mecanismo, sínfises também é reduzido a mobilidade. As sínfises são analisadas nos ossos do quadril, as mesmas formam a sínfise púbica.

Sinoviais

Essas articulações têm a capacidade de movimentação que são apresentadas como principal qualidade. No mecanismo, sinoviais é analisada uma capsula que conecta com as extremidades dos ossos e estabelece a cavidade articular, que propriamente é composta por líquidos.

Esse mesmo liquido é intitulado de líquido sinovial, lembrando que o mesmo tem um acúmulo de ácido hialurônico, o qual auxilia na lubrificação das superfícies de, articulação.
As articulações sinoviais são analisadas e destacadas na conexão entre os ossos longos, um exemplo, mais precisamente na juntura do joelho.



Fonte: Paulo Miranda

imagem 728x90
imagem 728x90